SAFETYLIT WEEKLY UPDATE

We compile citations and summaries of about 400 new articles every week.
Email Signup | RSS Feed

HELP: Tutorials | FAQ
CONTACT US: Contact info

Search Results

Journal Article

Citation

Franck DBP, Costa YCN, Alves KR, Moreira TR, Sanhudo NF, Almeida GBS, Püschel VAA, Carbogim FC. Acta Paul. Enferm. 2021; 34: eAPE03081.

Vernacular Title

Trauma em idosos socorridos pelo serviço de atendimento móvel de urgência

Copyright

(Copyright © 2021, Departamento de Enfermagem da Escola Paulista de Medicina)

DOI

10.37689/acta-ape/2021AO03081

PMID

unavailable

Abstract

OBJECTIVE:

To describe trauma occurrences and mechanisms in elderly people assisted by the Mobile Emergency Care Service (SAMU).

Method:

Cross-sectional study conducted with records of trauma care in elderly subjects in a medium-sized city with an estimated population of 600 thousand inhabitants. The following variables were analyzed: age group, sex, year, trauma mechanism, geographic region of care and death. Data were analyzed by means of absolute and relative frequencies and when appropriate, by means and standard deviation. Statistical differences were assessed using the chi-square test for categorical variables and the ANOVA for continuous variables.

Results:

Most people involved were female, with emphasis on falls events. Elderly people aged 60-69 years were more exposed to traffic violence and interpersonal violence, while those aged 70-89 years were more exposed to falls. The most common form of trauma was fall from height (17.5%) and fall from one's own height (62.3%), followed by traffic violence and accidents (12.7%). The central region of the city had the highest number of records of care due to falls, interpersonal violence and traffic violence. Death was the most frequent outcome among men (p<0.001) and among people who suffered falls (p=0.024).

Conclusion:

The results can contribute to understand trauma mechanisms in elderly people and direct health policies within the scope of health promotion, prevention and recovery.

Keywords
Geriatric nursing; Aged; Emergency medical services; Wounds and injuries


Objetivo: Descrever as ocorrências e os mecanismos de trauma em idosos socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Métodos: Estudo transversal, realizado com registros de atendimento de trauma em idosos, em cidade de porte médio, com população estimada de 600 mil habitantes. Foram analisadas as variáveis: faixa etária, sexo, ano, mecanismo de trauma, região geográfica do atendimento e óbito. Os dados foram analisados por meio de frequências absolutas e relativas e, quando apropriado, por médias e desvio padrão. As diferenças estatísticas foram avaliadas pelo teste qui-quadrado, para variáveis categóricas, e ANOVA, para contínuas. Resultados: A maioria dos envolvidos era do sexo feminino, com destaque para eventos de quedas. Os idosos com faixa etária entre 60 e 69 anos foram mais expostos à violência no trânsito e à violência interpessoal; já os idosos entre 70 e 89 anos, a quedas. A forma mais comum de trauma foi queda de altura (17,5%), da própria altura (62,3%), seguida da violência no trânsito e acidentes (12,7%). A região da cidade com maiores registros de atendimento por quedas, violência interpessoal e no trânsito foi a área central. O óbito foi o desfecho mais frequente entre homens (p<0,001) e entre pessoas que sofreram quedas (p=0,024). Conclusão: Os resultados podem contribuir para a compreensão dos mecanismos de trauma no idoso e o direcionamento de políticas de saúde no âmbito da promoção, da prevenção e da recuperação da saúde.


Language: pt

Keywords

Enfermagem geriátrica; Ferimentos e lesões; Idoso; Serviços médicos de emergência

NEW SEARCH


All SafetyLit records are available for automatic download to Zotero & Mendeley
Print